Página atual:Português > Entretenimento > Gastronomia >

O movimento Slow Food, um estilo de vida saudável e sustentável

2017-09-18 10:31:44

O movimento Slow Food, um estilo de vida saudável e sustentável

O movimento Slow Food é um estilo de vida que envolve a sustentabilidade, a preservação ambiental e ações sociais que contribuam para o incremento da qualidade de vida da população. O Slow Food quer dizer a comida limpa e boa. De acordo com o conceito, o que comemos deve ser gostoso, produzido de uma forma limpa, que não prejudique o meio ambiente.

Comer é fundamental para viver. A forma como nos alimentamos tem profunda influência no que nos rodeia, na paisagem, na biodiversidade da terra e nas suas tradições. Para um verdadeiro gastrônomo é impossível ignorar as fortes relações entre prato e planeta. Além disso, melhorar a qualidade da nossa alimentação e arranjar tempo para saborear, é uma forma simples de tornar o nosso cotidiano mais prazeroso. Esta é a filosofia do Slow Food.

O movimento Slow Food, um estilo de vida saudável e sustentável

Fundado por Carlo Petrini em 1986, o Slow Food se tornou uma associação internacional sem fins lucrativos em 1989. Atualmente conta com mais de 100.000 membros com escritórios na Itália, Alemanha, Suíça, Estados Unidos, França, Japão e Reino Unido. O princípio básico do movimento é o direito ao prazer da alimentação, utilizando produtos artesanais de qualidade especial, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto os produtores. O movimento opõe-se à tendência de padronização do alimento no mundo, e defende a necessidade de que os consumidores estejam bem informados, se tornando co-produtores.

A sede internacional do Slow Food é em Bra, na Itália. O Slow Food opera tanto localmente como mundialmente junto com as instituições internacionais. Também estabelece laços de amizade com governos dos diversos países. Através dos seus conhecimentos gastronômicos relacionados com a política, a agricultura e o ambiente, o Slow Food tornou-se uma voz ativa na agricultura e na ecologia. As atividades da associação visam defender a biodiversidade na cadeia de distribuição alimentar e difundir a educação do gosto.

O movimento Slow Food, um estilo de vida saudável e sustentável

Vinte anos após o seu surgimento, o conceito do Slow Food finalmente chegou à China em 2006. Alice Giusto é uma defensora da ideia em Beijing. Antes de trazer o conceito do Slow Food para a capital chinesa, Alice fez uma intensa pesquisa sobre a cultura alimentar da cidade. Ela acredita que o Slow Food irá beneficiar a China. A nutricionista acredita que, há cada vez mais pessoas que se preocupam com a sua dieta alimentar e que reconhecem a importância de seguir um estilo de vida saudável, o Slow Food conseguirá um grande apoio na China e ajudará à sensibilização para a importância de uma boa nutrição.

A situação alimentar está melhorando na China, mas existem ainda diversos problemas. Por um lado, cada vez mais pessoas se preocupam com o que comem diariamente. Por outro, o Fast Food ainda tem grande expressividade na dieta alimentar dos chineses. O país asiático possui uma rica cultura alimentar. No entanto, devido ao desequilíbrio provocado pelo rápido desenvolvimento econômico, muitas pessoas parecem ter esquecido os hábitos tradicionais da gastronomia chinesa. Neste sentido, a ideia do Slow Food pode deixar cada vez mais pessoas na China a entenderem a importância dos alimentos orgânicos.


Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP10 China
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Lenine Cabral, antigo morador da cidade de Nanjing

China.com mais perto de você