Página atual:Português > Entretenimento > Turismo >

China e Portugal intensificam intercâmbios culturais

2017-07-19 16:09:56

China e Portugal intensificam intercâmbios culturais

Exposições, shows, danças, cursos e palestras: China e Portugal, apesar da distância geográfica, têm mantido boas relações e intensificaram os intercâmbios culturais e pessoais neste ano.

Até 23 de julho, o público chinês pode conhecer melhor artistas portugueses sem viajar ao países europeu. No Museu de Arte da CAFA, na capital, a exposição "Imprint", de Alexandre Farto Aka Vhils, mostra desde 30 de junho obras em paredes sobre pessoas, edifícios e outras "imprints" de cidades em todo o mundo, incluindo Beijing.

Em Harbin, cidade no nordeste da China, a pianista Marta Menezes fará um show no dia 13, depois de tê-lo apresentado em Shanghai, Chongqing e Chengdu. Depois seguirá para Tianjin e Beijing, onde tocará na Universidade Tsinghua e no Centro Nacional de Artes Dramáticas e Musicais.

Em Portugal, a cultura chinesa mostrou mais uma vez seu charme no Mercado de Culturas à Luz das Velas no município de Lagoa, de 6 a 9 de julho. A exposição "No aspecto da Rota da Seda -- China" e a mostra de instrumentos tradicionais chineses foram destaques no evento. Além disso, festas com características do Ano Novo Chinês, caligrafia chinesa e cursos de chinês popular animaram o público português no evento, e danças chinesas de dragão e leão tomaram o Mercado de Culturas naqueles dias.

Segundo o prefeito de Lagoa, Francisco Martins, a China e Portugal têm amizade há muito tempo e o Mercado de Culturas à Luz das Velas promoveu o entendimento dos portugueses sobre a cultura chinesa.

Os povos chinês e português também podem conhecer-se através de literatura e livros. Em 7 de junho, o primeiro Fórum Literário Portugal-China foi realizado em Lisboa e escritores conhecidos dos dois países trocaram opiniões sobre literatura e sociedade.

China e Portugal intensificam intercâmbios culturais

A Editora de Ensino e Pesquisa de Línguas Estrangeiras de Beijing e universidades relacionadas também estão promovendo um projeto de tradução e publicação de obras consagradas da literatura chinesa e portuguesa nas duas línguas.

Este é o Ano do Galo segundo o calendário tradicional chinês. Em março, uma grande estátua chamada POP GALO, da artista Joana Vasconcelos, começou a ser exibida no Distrito de Arte 798, em Beijing.

A obra combina a tradição da azulejaria de Portugal com a mais moderna tecnologia LED. O POP GALO tem cerca de 10 metros de altura e é revestido com 17 mil azulejos pintados à mão e 15 mil LEDs. Interconectado com uma composição sonora criada especificamente para a obra, o POP GALO fica diferente durante o dia e a noite.

Os governos chinês e português assinaram acordos para criar os respectivos centros culturais em Beijing e Lisboa e estão fazendo os preparativos.

Com o apoio governamental e cada vez maior vontade de intercâmbio entre os dois povos, além do voo direto entre os dois países, a ser lançado no dia 26 deste mês, os intercâmbios culturais continuarão crescentes e promoverão o desenvolvimento dos laços bilaterais.

Como disse o embaixador português em Beijing, Jorge Torres-Pereira, na cerimônia do lançamento do galo, a comunicação artística e cultural pode melhorar o entendimento e conhecimento recíproco entre Portugal e China e o intercâmbio cultural trará ganho mútuo para as relações bilaterais.


Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP 10 Músicas da China 20170728
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão

China.com mais perto de você