Página atual:Português > Entretenimento > Turismo >

Moradores do vilarejo de Mingsha descobrem a prosperidade através do turismo

2017-09-13 09:52:04

Moradores do vilarejo de Mingsha descobrem a prosperidade através do turismo

Os moradores do vilarejo ecológico de Mingsha, no centro norte da China, em sua maioria imigrantes de outras regiões do país, descobriram o caminho do desenvolvimento pelo turismo. Situada na vila de Yingshuiqiao, na Região Autônoma da Etnia Hui de Ningxia, a vila começou a receber seus novos moradores em outubro de 2012. Desde então, um total de 704 pessoas de 151 famílias deixaram suas casas no distrito de Haiyuan e começaram uma nova vida em Mingsha. O secretário da célula do Partido Comunista da China, Ma De, um dos moradores do vilarejo, relembra emocionado da vida que levava em Haiyuan.

“Depois de nos mudarmos para cá, passamos a desfrutar de uma melhor infraestrutura. A vida na nossa terra natal era muito difícil. O clima é seco. Sofremos com a seca durante nove de dez anos. O transporte era ruim, o que tornava extremamente difícil para as crianças frequentarem a escola. Muitos migraram para outros lugares por causa da seca, e alguns saíram para trabalhar fora, deixando os idosos e as crianças na vila. As escolas se situavam a mais de 10 km da vila. Era muito complicado arrumar um emprego e os hospitais estavam longe também.”

A situação melhorou bastante depois da mudança para a aldeia de Mingsha. As ruas estavam conectadas e o local possuía escolas e clínicas dentro da vila. Todos estavam muito felizes, mas logo descobriram um novo problema: o que iam fazer para viver?

Ma De percebeu que a aldeia de Mingsha fica a uma distância de apenas 2 km de uma área turística classificada com o nível máximo do turismo nacional, as chamadas áreas 5A. A partir daí, ele começou a elaborar ideias para aproveitar essa proximidade e desenvolver o turismo na vila Mingsha. Em 2014, com o apoio do governo local, ele colocou sua ideia em prática.

“Essas são as três pousadas de lazer construídas pelo governo que entraram na operação-teste em outubro de 2014. Queremos desenvolver a indústria turística com características locais, aproveitando a proximidade geográfica, mas no início só testamos como seriam os resultados. No primeiro ano, durante a semana dourada do Dia Nacional de 2014, ou seja, os sete dias de feriado em outubro, começamos o negócio dessas pousadas de lazer. Cerca de dez famílias da vila participaram e eu me lembro que aquele ano muitos turistas vieram se hospedar aqui. A comida e o alojamento foram relativamente bem solicitados. A renda bruta chegou a mais ou menos 10 mil yuans durante a semana dourada. Então, os moradores desfrutaram da renda e perceberam que era bom desenvolver o turismo.”

Moradores do vilarejo de Mingsha descobrem a prosperidade através do turismo

Depois disso, os moradores se encheram de esperança. O comitê da aldeia assinou contrato de cooperação com a empresa turística Muxiangyunwei, de Ningxia. Segundo o acordo, suas casas seriam alugadas à empresa e transformadas em quartos de estilo padronizado. Os quartos contam com toda a mobília e eletrodomésticos. A renda de cada quarto é de 3.500 yuans por ano. Agora, os quartos são administrados pela empresa e serão devolvidos aos moradores após cinco anos.

Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP 10 Músicas da China 20170825
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão

China.com mais perto de você