Página atual:Português > Entretenimento > Turismo >

Beijing - uma viagem inesquecível pela região Beijing-Tianjin-Hebei

2018-09-04 10:51:01

Beijing - uma viagem inesquecível pela região Beijing-Tianjin-Hebei

A Jingjinji, como é conhecida a região que compreende Beijing, Tianjin e Hebei, é uma região muito importante no mapa chinês. E o desenvolvimento dela constitui uma das estratégias-chave do país.

Beijing é a capital chinesa, rodeada por Tianjin e Hebei. Os três lugares possuem suas próprias vantagens, envolvendo o trânsito integrado, a proteção ambiental e a força da indústria. Beijing é uma cidade turística mundialmente conhecida e um dos destinos chineses mais visitados pelos estrangeiros. Desde o dia 28 de dezembro de 2017, a China começou a aplicar a política de “Trânsito sem visto” de 144 horas aos viajantes provenientes de 53 países com destino a um terceiro país. Ou seja, eles não precisam solicitar o visto chinês ao passar por Beijing, Tianjin e Hebei por um período de até 144 horas, tanto por via aérea quanto terrestre ou marítima.

Seis dias são o suficiente para conhecer bem a cidade. Então a seguir, vamos apresentar um roteio adequado aos turistas que vão aproveitar as 144 horas sem visto. A primeira parada deve ser, sem dúvida, a Cidade Proibida, o maior complexo de arquitetura em madeira do mundo.

A Cidade Proibida tem mais de 9 mil quatros, divididos em 70 pavilhões de diferentes tamanhos. É realmente muito impressionante. Além da arquitetura grandiosa, os visitantes podem apreciar as relíquias culturais preservadas. Passear pelas antigas ruelas imperiais é como fazer uma viagem no tempo, se sentindo bem próximo da civilização antiga.

Os visitantes podem utilizar um dia inteiro para conhecer o local, sem pressa. Tirar muitas fotos e comprar lembranças da Cidade Proibida fazem parte do passeio. Na realidade, tem muitas lembrancinhas interessantes com o tema “Cidade Proibida”. Como por exemplo, o calendário imperial, escudo do celular com figura do imperador Kangxi, e ímãs de geladeira, entre outros objetos criativos.

Beijing - uma viagem inesquecível pela região Beijing-Tianjin-Hebei

Após visitar o palácio dos imperadores, os turistas poder aproveitar o segundo dia relaxando no parque imperial - mais conhecido como Palácio de Verão. Famoso pela sua extensa coleção de jardins, pela arquitetura dos seus edifícios e por outras obras de arte, o Palácio de Verão começou a ser construído no início de 1707, durante o reinado do Imperador Kangxi.

Posteriormente, seu filho, o Imperador Yongzheng introduziu os recursos hídricos dos jardins, que tornaram possível criar alguns dos lagos, riachos e tanques que adicionaram mais beleza às colinas ondulantes e aos campos.

A maneira mais interessante de visitar o Palácio de Verão é pegar um barco, como a família real fazia nos tempos antigos. Os turistas podem subir ao “Barco Imperial” no porto perto do Pavilhão de Exposição de Beijing. A viagem dura uma hora até o Palácio de Verão. A família real da dinastia Qing seguia exatamente o mesmo percurso para pedir bênção no Palácio de Verão.

Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP10 China
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Lenine Cabral, antigo morador da cidade de Nanjing

China.com mais perto de você