Página atual:Português > China >

Comentário: executar bem seus planos é trunfo chinês para vencer guerra comercial

2018-07-12 20:06:05

Depois de a Casa Branca iniciar a guerra comercial contra a China, importantes personalidades, como o ex-presidente do Federal Reserve (Fed), Alan Greenspan, e o ganhador do prêmio Nobel de Economia, Paul Krugman, vêm criticando a política de Donald Trump. Eles alegando que a guerra “faz o povo norte-americano pagar”, enquanto “minimiza os retornos econômicos e maximiza os danos”.

A Casa Branca, no entanto, faz ouvidos moucos e rapidamente aplicou o aumento tarifário de 10% para os produtos chineses no valor de US$ 200 bilhões, em uma tentativa de pressionar ainda mais a China.

Observando a escalada da guerra comercial, o Senado dos EUA tinha de aprovar uma resolução com maioria esmagadora, exigindo que Trump solicitasse a aprovação ao Congresso antes de aumentar a tarifa. A mídia dos EUA informa que a resolução revela a frustração de senadores americanos com a política tarifária de Trump.

A China, ao mesmo tempo que faz protestos solenes contra os EUA e enfatiza medidas de retaliação, continua promovendo a abertura do seu mercado. A Comissão Reguladora de Valores da China anunciou que irá liberar ainda mais os estrangeiros a investirem em ações de classe A.

No dia 10 de Julho, a fabricante de carros elétricos dos EUA Tesla anunciou que realocará a sua maior fábrica no exterior para a China. O governo de Chicago também assinou o primeiro plano de cooperação de cinco anos com governos regionais chineses. A prefeitura da cidade norte-americana irá reforçar as colaborações nos sectores de saúde, manufactura avançada, tecnologia e finanças, entre outras áreas.

A China sempre segue seu próprio ritmo de desenvolvimento, sem ser perturbada pelos Estados Unidos. Porque a China sabe muito bem serem irrelevantes as provocações da Casa Branca, já que executar bem seus planos é a arma mais poderosa para vencer essa guerra comercial histórica.

O relatório mais recente sobre o ambiente de negócios da China 2018, publicado pela Câmara dos EUA sobre Comércio na China, indica que 74% dos membros planejam ampliar o investimento na China em 2018, o maior índice dos últimos anos.



Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP10 China
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Oriente e Ocidente à Mesa - Dim sum cantonês

China.com mais perto de você