Página atual:Português > Tema >

Encerrada sétima sessão plenária da 18ª Comissão Central de Inspeção Disciplinar do PCCh

2017-01-09 18:54:09

Terminou no último domingo (8) em Beijing a sétima sessão planária da 18ª Comissão Central de Inspeção Disciplinar do Partido Comunista da China (PCCh), na qual foi aprovada um boletim, destacando o reforço anticorrupção e a promoção do mecanismo de supervisão. Segundo os especialistas, o ato mostra a determinação dos dirigentes chineses em cumprir suas promessas políticas.

A sessão foi realizada entre os dias 6 e 8 de janeiro na capital chinesa. O presidente chinês, secretário-geral do Comitê Central do PCCh e presidente da Comissão Militar Central, Xi Jinping, reiterou na ocasião a postura de não tolerância à corrupção, que de acordo com o comunicado é fundamental para manter um ambiente político intrapartidário rígido e incentivar a reforma do sistema de supervisão.

O vice-diretor do Centro de Pesquisa de Moralização Administrativa da Universidade de Beijing, Zhuang Deshui, ponderou que essa reunião ajudará a impulsionar a administração do partido com disciplina rigorosa, anunciando os preparativos para o 19º Congresso Nacional do PCCh, a ser realizado neste ano.

"Em 2017, o governo central chinês pretende continuar julgando os casos de corrupção e melhorando o sistema de supervisão intrapartidária e social, com vista a acelerar a implementação dos compromissos feitos no 18º Congresso Nacional do PCCh. Além disso, é importante manter o profissionalismo de gestão para erradicar a raiz da corrupção."

Na sessão, foi elaborado um "mapa de rota" quanto à reforma do mecanismo de supervisão. Segundo o plano, serão criadas comissões supervisoras locais de níveis provincial, municipal e distrital, para montar um sistema integrado que seja unificado, autoritário e eficiente. Esse sistema de supervisão vai garantir a prevenção de ações ilícitas, combate ao suborno e à negligência de deveres, além de julgar as infracções relacionadas. O vice-reitor da Universidade de Ciência Política e Lei da China, Ma Huaide, declarou que as novas medidas fortalecerão o monitoramento sobre os funcionários públicos e ajudarão e melhorarão o esquema anticorrupção.

"As comissões supervisoras são de fato uma entidade anticorrupção, sendo um departamento paralelo aos órgãos administrativos e judiciários. Todos os oficiais governamentais que exercem o poder público estão sob supervisão. Por outro lado, a reforma do sistema de supervisão poderá concretizar o reajuste das funções e integração das forças políticas, o que irá alavancar o ritmo de varredura da corrupção. "

Além disso, o governo chinês também promoverá a legislação de ações regulatórias em 2017. Segundo Ma Huaide, a reforma pode resultar na mudança da estrutura política do país. Portanto, o governo chinês vai adaptar as leis relevantes nos próximos anos.


Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP 10 Músicas da China 20170120
  • "Águia" da banda IZ e "Conquista" de Na Ying

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Mulher motorista de ônibus

China.com mais perto de você