Página atual:Português > Tema >

Chanceleres dos países do BRICS reúnem-se em Beijing

2017-06-19 19:59:48

Realizou-se hoje (19) em Beijing, capital chinesa, a primeira reunião dos Ministros das Relações Exteriores dos Países do BRICS. O chanceler chinês, Wang Yi, e seus colegas do Brasil, Aloysio Nunes, da Rússia, Sergey Lavrov, da África do Sul, Maite Nkoana-Mashabane, e da Índia, Vijay Kumar Singh, trocaram opiniões sobre o desenvolvimento do BRICS, a preparação para a Cúpula do BRICS de Xiamen, a ser realizada em novembro deste ano, e outras questões internacionais de interesses comuns.

Wang Yi presidiu o encontro. Ele disse que a China quer junto com outros países do BRICS aprofundar as cooperações em novas áreas e construir uma parceria ampla para abrir a segunda “década de ouro” do bloco.

“O mecanismo do BRICS pertence não só aos cinco países, mas também a todos os países em desenvolvimento e todos os mercados emergentes. Devemos continuar aplicando o espírito de abertura, abrangência, cooperação e ganho mútuo, promover o reconhecimento das diferentes culturas e a cooperação entre os diferentes modelos de desenvolvimento, e ampliar o ‘círculo de amigos' do BRICS para defender os interesses dos países em desenvolvimento no geral.”

No comunicado publicado após o encontro, os cinco ministros reafirmaram seu apoio a uma globalização mais equilibrada e sua oposição ao protecionismo comercial. Além disso, as mudanças climáticas e a luta contra o terrorismo também são preocupações dos chanceleres.

O ministro das Relações Exteriores brasileiro, Aloysio Nunes, não escondeu sua decepção com a decisão dos Estados Unidos de se retirar do Acordo de Paris, mas acredita na força dos países do BRICS para impulsionar o processo de adaptação para as mudanças climáticas. Nunes afirmou:

“Eu penso que o engajamento dos nossos países, pelo peso específico que nossos países têm, seguramente será um fator importante da implementação desse acordo”.

O chanceler russo, Sergey Lavrov, ainda enfatizou que os países do BRICS devem acelerar a multipolarização mundial e a democratização das relações internacionais.

“O BRICS é o bloco dos maiores mercados emergentes do mundo e representa os interesses comuns dos países em desenvolvimento. Estamos tentando aperfeiçoar o sistema internacional de administração econômica, que já não pode satisfazer as exigências do atual mercado global. Vamos usar a sabedoria coletiva para tratar as divergências através de meios políticos e diplomáticos, respeitar a posição central da ONU e combater o terrorismo conforme os princípios da Lei Internacional.”



Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP 10 Músicas da China 20170623
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Dia Mundial da Leitura

China.com mais perto de você