Página atual:Português > Tema >

China vai relaxar restrições ao investimento estrangeiro em hospitais

2017-08-11 20:02:13

Como um país populoso, a China tem uma grande demanda por serviços médicos, e também um grande potencial de investimento para capitais privados. Segundo dados mais recentes da Comissão Nacional da Saúde e Planejamento Familiar, até final de abril deste ano, havia 16,9 mil hospitais privados no país, representando 57,2% do total. E desde 2011 até agora, o número de hospitais privados aumentou 100%.

A Comissão Nacional da Saúde e Planejamento Familiar afirmou que vai continuar a promover as reformas na área médica, em particular, simplificar a administração, melhorar a supervisão e otimizar os serviços, a fim de desenvolver políticas favoráveis à entrada dos capitais privados na área médica, além de elevar o nível de abertura ao exterior do setor.

Na quinta-feira (10), a Comissão Nacional da Saúde e Planejamento Familiar realizou uma coletiva de imprensa, apresentando os resultados das reformas na área médica. O vice-diretor do Departamento da Administração Médica da comissão, Jiao Yahui, disse:

“Agora, com a melhoria constante das políticas, as forças sociais estão com mais entusiasmo para entrar na área médica, e também se diversificam os investidores, meios de participação e modelos de desenvolvimento. Até o fim de abril deste ano, já havia 444 mil instituições médicas de capital privado no país, representando 45% da totalidade. Além disso, de 2011 até agora, o número dos hospitais públicos se mantém o mesmo, enquanto o número de hospitais privados tem duplicado, constituindo uma força importante para promover o desenvolvimento do sistema de serviços médicos do país.”

O funcionário do Departamento de Legislação Médica da comissão, Gong Xiangguang, afirmou que recentemente a comissão decidiu tomar dez medidas prioritárias de reforma, com o fim de estimular os investimentos na área médica. Ele disse:

“Entre essas medidas, está a adoção do sistema de registro em vez da verificação e aprovação de clínicas dentro das instituições de cuidado aos idosos. A comissão exige a todos os departamentos governamentais da área que implemente a política e reforce a supervisão, a fim de promover o desenvolvimento dos serviços de cuidado ao idoso. Ainda está prevista uma elevação ainda maior do nível de abertura da área médica ao exterior. Para as clínicas criadas em forma de joint venture ou cooperação por instituições médicas, empresas e outras organizações econômicas estrangeiras, cancelar a restrição de que a percentagem das ações da parte estrangeira não pode ultrapassar 70% do total.”


Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP 10 Músicas da China 20170825
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão

China.com mais perto de você