Página atual:Português > Tema >

Tratamento médico ajuda a aliviar pobreza em regiões remotas

2017-09-13 21:23:11

O Hospital Provincial de Jiangsu, em Nanjing, Leste da China, começou a enviar médicos às regiões remotas do país em 1973. Ao longo de 44 anos, seus peritos têm tratado doentes e habilitado médicos e enfermeiros locais. Assim, eles formam um grupo de especialistas para atuar no local e ajudam a aliviar a pobreza.

Situado no próspero delta do Rio Yangzte, o Hospital Provincial de Jiangsu se classifica entre as melhores entidades médicas do país nos quesitos tratamento, ensino e pesquisa. Como um hospital público, ele preza não só no próprio desenvolvimento, como também responde ao apelo nacional de auxiliar as regiões remotas e mais pobres, a Região Autônoma Uigur de Xinjiang e a Região Autônoma do Tibete, segundo o chefe do hospital, Tang Jinhai.

“Enviamos médicos para Xinjiang pela primeira vez em 1997. Até março de 2017, já eram 17 pessoas participando do auxílio médico. Neste momento, nove dos nossos peritos estão trabalhando no Tibete, em Xinjiang e na província de Qinghai.”

O tratamento médico pesa muito na vida do cidadão. Em regiões remotas, um grande número de pessoas fica ou volta a à condição de carência por causa de alguma doença. Nestes lugares há bastante demanda dos serviços médicos. No entanto, o total de profissionais é incapaz de atender a tanta solicitação. Os médicos e enfermeiros vindos de regiões desenvolvidas trazem experiências, tecnologia e equipamentos, o que significa esperança para a população local, explica o médico do Hospital Provincial de Jiangsu, Ding Qiang, atual chefe do Hospital Municipal de Kizilsu Kirghiz, em Xinjiang.

“Para a população nessas regiões, um pequeno avanço no tratamento muda seu destino. O tratamento muda também o destino de toda a família, até influencia a vila como um todo.”

Segundo Ding Qiang, muitas enfermidades foram curadas pelos médicos com ampla experiência. Utilizando tecnologia desenvolvida na cirurgia cardiotorácica, o Hospital de Jiangsu iniciou o programa “nutrir o coração” em junho de 2016, oferecendo cirurgia gratuita às pessoas que sofrem gravemente do coração em Kizilsu Kirghiz. De acordo com o chefe do hospital, Tang Jinhai, as sete edições do programa e suas 49 cirurgias visaram não apenas salvar os doentes.

“O programa nutrir o coração tira as dores da população. O mais importante é que os médicos ajudam e ensinam os profissionais locais. Desta maneira, eles dominam as técnicas da cirurgia cardíaca e melhoram a qualidade do diagnóstico e do tratamento.”

Além de organizar capacitações em Xinjiang, o Hospital Provincial de Jiangsu convida os médicos locais a estudarem em Jiangsu. Para o Hospital Provincial, o auxílio a Xinjiang é um projeto sistémico. A formação de uma equipe profissionalizada possibilita a ajuda ordenada na região, disse Tang Jinhai.

Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP 10 Músicas da China 20170825
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão

China.com mais perto de você