Página atual:Português > Tema >

Novas iniciativas da China oferecerão mais oportunidades para investimento estrangeiro

2018-04-12 19:46:36

No discurso proferido na conferência anual do Fórum Boao para a Ásia 2018, o presidente chinês, Xi Jinping, anunciou quatro iniciativas para continuar a expandir a abertura, uma das quais é criar um ambiente de investimento mais atraente.

O governo chinês sempre atribui grande importância à construção do ambiente de investimento. Nas últimas quatro décadas, a economia chinesa promoveu um salto histórico. Uma experiência importante é persistir na abertura ao exterior, aproveitando as oportunidades da globalização econômica para participar ativamente da divisão industrial internacional do trabalho e estabelecer um sistema industrial completo. No processo, o capital estrangeiro desempenhou um papel importante. Em 2017, a China usou 144 bilhões de dólares de capital estrangeiro, um aumento de 7,9%, em relação ao ano passado, e a escala de utilização de capital estrangeiro bateu um recorde. As empresas de capital estrangeiro tornaram-se uma parte indispensável na economia chinesa.

A experiência da abertura ao exterior da China mostrou que a chave para criar um ambiente de investimento mais atraente é criar e manter um ambiente de concorrência justa. Nos últimos anos, o país estabeleceu ativamente um aberto e transparente sistema de leis e regulamentos, além de facilitar o acesso ao investimento estrangeiro, tais como finanças, educação, cultura, medicina e outros setores de serviços. De modo que mais empresas estrangeiras obtiveram o tratamento nacional. Além disso, a revisão de leis e regulamentos reduziu muito as restrições ao investimento estrangeiro e desempenhou um papel cada vez mais importante na otimização do ambiente de investimento.

Xi Jinping afirmou no discurso que o país completará a revisão da lista negativa de investimento estrangeiro no primeiro semestre do ano e implementará, em todos os aspectos, um sistema de administração com base no pré-estabelecimento do tratamento nacional e da lista negativa. Estas medidas são ações específicas para promover o alinhamento com regras econômicas e comerciais internacionais, aumentar a transparência e fortalecer a proteção de direito patrimonial.

Nos últimos anos, de acordo com a lei, as autoridades chinesas intensificaram as investigações antimonopólio e algumas práticas de concorrência desleal de empresas estrangeiras no país foram punidas. Alguns meios de comunicação estrangeiros usaram isso para especular que o ambiente de investimento da China piorou. De fato, o objetivo do fortalecimento do antimonopólio tem o objetivo de criar um ambiente de investimento de concorrência justa, para que os direitos dos consumidores possam ser melhor protegidos. A esse respeito, Xi Jinping também enfatizou em seu discurso que a China "encoraja a competição e se opõe ao monopólio."

É previsível que a nova rodada de reforma e abertura da China ofereça um espaço mais amplo para o desenvolvimento de empresas de capital estrangeiro no país. Desde que se cumpram as leis chinesas e conduzam uma competição saudável, as empresas estrangeiras certamente ganharão mais oportunidades na China!



Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP10 China
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Lenine Cabral, antigo morador da cidade de Nanjing

China.com mais perto de você