Página atual:Português > Tema >

Pessoas com quem Xi Jinping mais se preocupa

2019-02-06 18:56:38

O presidente chinês, Xi Jinping, líder do Partido Comunista da China (PCCh), costuma visitar moradores em regiões subdesenvolvidas nas vésperas do Ano Novo Chinês, como diz ele: “As pessoas com quem me preocupo mais são a população menos favorecida pela passagem do ano novo.” A agenda da inspeção nacional de Xi Jinping mostra que ele tinha visitado todas as regiões que sofrem com a pobreza extrema no país. Ele conhece a fundo a vida real da população pobre para encontrar os motivos pelos quais esse contingente de pessoas sofre o atraso e definir as orientações e as metas do trabalho de erradicação da pobreza.

Xi Jinping: Quantos homens conseguiram casar no ano passado?

Guo Jianqun: Sete.

Esta conversa foi entre Xi Jinping e Guo Jianqun, chefe da Comarca da Etnia Tujia e Etnia Miao da província de Hunan. Ocorreu em março de 2016. O presidente chinês estava, na realidade, perguntando sobre a vida dos aldeões da vila Shibadong. Devido à pobreza que a região sofria, os rapazes da vila tinham muita dificuldade de encontrar suas caras-metades. Em novembro de 2013, Xi Jinping visitou pessoalmente a vila Shibadong. Na casa de um casal que se encontrava na extrema pobreza, Xi Jinping perguntou detalhadamente sobre sua vida.

Xi: Estão passando fome? Têm arroz suficiente?

Shi: Temos. Há um celeiro.

Xi: Têm dinheiro em depósito? E o rendimento? Criam porcos ou carneiros?

Shi: Temos dois porcos.

Em 2013, moravam nessa pequena vila menos de mil pessoas. A renda per capita era de 1.700 yuans por ano, menos de um quinto da média nacional. Foi justamente na vila Shibadong, Xi Jinping apresentou a ideia de “lutar contra a pobreza por meio de medidas precisas”. Ele ressaltou o respeito à realidade, a tomada das medidas adaptadas às condições locais e a concessão das orientações específicas. O governo da vila definiu então cinco setores para desenvolver primeiramente: mão de obra, plantio, criação de animais, bordado da etnia Miao e turismo. Em 2017, a vila toda conseguiu sair da pobreza.

Em julho de 2017, Xi Jinping fez uma visita à região montanhosa Lvliang, na província de Shanxi. De novo, ele foi a uma vila extremamente pobre chamada Zhaojiawa. Sentado na placa do aldeão Liu Fuyou, Xi Jinping perguntou sobre as maiores preocupações dessa família, recordou o próprio Liu.

Liu: Ele veio à minha casa. Perguntou sobre meus principais gastos. Eu respondi que além da farinha, arroz e ingredientes para fazer comidas, gastava 80% do meu rendimento em remédios.

Pesquisas oficiais mostram que mais de 40% da população menos favorecida tem dificuldade de pagar os altos gastos em remédios. Xi Jinping pediu a tomada de medidas voltadas à questão. Em 2017, mais de 800 mil médicos de base no país foram conhecer todas as famílias pobres durante dois meses, definindo as 45 principais doenças graves mais prevalentes nas áreas rurais. O país elaborou políticas específicas para melhorar o sistema de seguro médico. No discurso do Ano Novo proferido no último dia de 2018, Xi Jinping mencionou especialmente esse trabalho.

Xi: Recebemos muitas boas notícias na luta contra a pobreza. Temos uma nova parcela de mais 10 milhões de habitantes rurais, em condições precárias, que se livraram da pobreza. Dezessete remédios contra o câncer foram incorporados na lista de remédios submetidos ao seguro médico graças à redução dos preços. Me preocupo sempre com a população menos favorecida. Desejo a todos os aldeões uma vida melhor no ano novo.


Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP10 China
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Oriente e Ocidente à Mesa - Dim sum cantonês

China.com mais perto de você