Página atual:Português > Tema >

Consumo se torna principal força motriz do crescimento chinês

2019-07-08 18:09:02

Segundo dados divulgados recentemente pelo Departamento Estatal de Estatísticas da China, o consumo per capita dos habitantes chineses chegou a quase 20 mil yuans em 2018, 19 vezes maior do que no ano de 1978. Esse número era de apenas 88 yuans em 1956, período do início da fundação da Nova China.

Desde a adoção da Política de Reforma e Abertura, a capacidade de consumo da população se elevou visivelmente graças ao aumento de renda. A estrutura do consumo também vem se atualizando. O turismo, por exemplo, virou um modo de vida para muitos chineses, puxando o consumo nas áreas de cultura e de alimentação.

“Fomos a Shanghai durante o feriado. Experimentamos pratos típicos locais. Visitamos duas exposições. Uma delas era sobre Pablo Picasso, e a outra era acerca dos têxteis modernos.”

O aumento do gasto no turismo é apenas um reflexo do crescimento do consumo entre a população chinesa. Em 2018, cada cem famílias chinesas nas áreas urbanas possuíam 41 carros e 121 televisões, enquanto nas áreas rurais, esses números chegaram a 22 e 117. A China está se transformando no maior país do mundo em termos de consumo.

Por outro lado, o consumo na China tem apresentado algumas caraterísticas inovadoras . O e-commerce, por exemplo, já virou uma das maneiras de compra mais populares no país asiático. Dan Jiaocheng é o chefe-executivo de uma plataforma para a compra online.

“Muitos dos nossos produtos foram vendidos rapidamente e até esgotados. As cerejas que importamos do Chile são tão populares que muitos consumidores nos campos nos pediram encomendas via rede.”

O ministro do Comércio da China, Zhong Shan, afirmou que a demanda é um recurso raro no mercado global. O enorme potencial do mercado nacional é uma das maiores competitividades da China.

“Nós estamos nos dedicando à atualização da estrutura do consumo no país. Queremos explorar o vasto mercado rural utilizando o e-commerce. Devemos promover a venda dos produtos industriais nas áreas rurais e a venda dos produtos agrícolas nas áreas urbanas.”

Em 2018, a renda per capita dos chineses atingiu US$ 9.732. Já o consumo contribuiu para 76,2% do crescimento do PIB.  

Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP10 China
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Oriente e Ocidente à Mesa - Dim sum cantonês

China.com mais perto de você