Página atual:Português > Mundo >

UE manifesta séria preocupação após reconhecimento americano de Jerusalém como capital

2017-12-07 16:07:54

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (6) que o país reconhece Jerusalém como capital de Israel. Em um comunicado, a União Europeia (UE) se manifestou seriamente preocupada com a questão e com suas repercussões sobre a paz no Oriente Médio.

O comunicado foi divulgado nesta quarta-feira pela vice-presidente da Comissão Europeia e alta representante da UE para Política Externa e Segurança, Federica Mogherini. Segundo o documento, o bloco europeu mantém sua posição nesta questão e insiste que devam concretizar as aspirações de Israel e da Palestina. A UE propôs encontrar uma solução para que Jerusalém seja futura capital de ambos os países, por meio de negociações, solucionando o problema do estatuto de Jerusalém. O bloco, bem como seus países-membros, continuará a respeitar tanto o consenso internacional da Resolução 478 do Conselho de Segurança da ONU sobre Jerusalém, bem como o local no qual as representações diplomáticas podem ser instaladas, até a solução do estatuto definitivo da cidade.

No comunicado, Mogherini pediu que todas as partes permaneçam calmas, a fim de evitar possível escalada da questão. Para ela, o mais importante é criar condições para quaisquer negociações diretas e significativas que possam resolver o problema.

Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP10 China
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Lenine Cabral, antigo morador da cidade de Nanjing

China.com mais perto de você