Página atual:Português > Mundo >

Países do Oriente Médio criticam decisão de Trump de reconhecer Jerusalém como capital de Israel

2017-12-07 17:08:14

O presidente norte-americano, Donald Trump, anunciou nesta quarta-feira (6) que vai reconhecer Jerusalém como capital de Israel e começará o trabalho de transferência da embaixada de Tel Aviv para lá. A Palestina, Jordânia, Egito e a Liga Árabe expressaram oposição à decisão dos EUA e declararam que o ato poderá resultar em consequências perigosas.

O porta-voz do escritório presidencial da Palestina, Nabil Abu Rdainah, criticou o anúncio e disse que isso significa que para os EUA Jerusalém é oficialmente reconhecida como a capital de Israel. Este movimento causará impactos graves à segurança e estabilidade do Oriente Médio.

O palácio presidencial egípcio publicou uma declaração, alertando que a decisão dos EUA vai tornar a situação do Oriente Médio mais complicada.

O secretário-geral da Liga Árabe, Ahmad Abdoul Gheit, declarou que a transferência da embaixada norte-americana é um ato perigoso. Caso a decisão seja feita, a ordem e segurança do Oriente Médio serão impactadas gravemente.

O porta-voz do presidente turco, Ibrahim Kalin, afirmou que a Turquia já convidou os dirigentes dos países membros da Organização de Cooperação Islâmica a reunirem-se para discutir a questão, em Istambul, dia 13 deste mês. Caso os EUA reconheçam oficialmente Jerusalém como capital de Israel, a Turquia vai cortar relação diplomática com Israel, alertou o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan.


Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP 10 Músicas da China 20170825
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Sabores do Brasil - Muqueca de Peixe e Camarão

China.com mais perto de você