Página atual:Português > Mundo >

Chinês pede na ONU combate ao terror com conceito de “futuro compartilhado”

2018-02-14 16:30:23

O representante chinês na Organização das Nações Unidas (ONU), Ma Zhaoxu, pediu nesta quinta-feira (13) no Conselho de Segurança que a comunidade internacional reforce suas cooperações para enfrentar em conjunto as novas tendências e características do terrorismo. De acordo com ele, é preciso ter em mente o conceito da “comunidade de futuro compartilhado”.

Ma Zhaoxu afirmou que, perante as ameaças terroristas de todos os tipos, o mundo deve harmonizar seus critérios e adotar uma atitude de tolerância zero para combater esse mal. A luta contra o terrorismo deve respeitar a soberania dos países envolvidos, enquanto os países afectados devem assumir suas responsabilidades. A luta, segundo o representante chinês, deve seguir os princípios estabelecidos na Carta das Nações Unidas. A ONU e o Conselho de Segurança devem assumir um papel orientador nesse trabalho, disse o diplomata chinês.

Ma Zhaoxu sugeriu à comunidade internacional que ajude os países membros da ONU a concretizar seu próprio desenvolvimento socioeconómico e eliminar a pobreza, assim como desenvolver diálogos em pé de igualdade entre diferentes civilizações e religiões. “Não vamos vincular o terrorismo a determinadas nações ou religiões”, disse Ma Zhaoxu.

Para o representante chinês na ONU, será importante para os países a adoção de medidas concretas que previnam o fluxo dos terroristas, assim como conter a disseminação de pensamentos terroristas e extremistas.



Páginas sugeridas



Top 10 MúsicasColetâneaMaisMais

  • TOP10 China
  • “This is Hyony” de Lee Jung-hyun

Vídeo

Either scripts and active content are not permitted to run or Adobe Flash Player version 11.4.0 or greater is not installed.

Get Adobe Flash Player
Chanceler português fala sobre acoplamento das estratégias chinesa e europeia

China.com mais perto de você